Reforço positivo e planejamento

Sempre falo que as crianças não são tontas. Elas entendem muito bem o que falamos e sabem se aproveitar de situação também.

A um pouco mais de um mês, minha esposa começou em um trabalho novo e eu comecei a buscar o pitoco na escola todos os dias.

Antes dessa mudança na rotina, quando eu ia levá-lo e minha esposa buscar, havia alguns dias em que era preciso e eu ia buscá-lo também. Não raro, íamos no McDonald’s ou em algum outro fast food na praça de alimentação do shopping, pois quando chegamos em casa, estamos mortos de fome e não tinha nada pra comer.

O resultado dessa falta de organização, foi que o pitoco começou a associar estar comigo a comer comida não saudável, e sempre que passávamos na frente do McDonald’s, que está no caminho da escola pra casa, ele começava a pedir e chorar. Fazia um escândalo dentro do carro e eu acabava ficando bem nervoso, pq não dá pra comer fora todo dia. Primeiro porque não é saudável e segundo pq meu dinheiro não é capim, né? Kkk

Como resolvemos isso?

Criamos a tabela do comportamento e o planejamento pra ir no McDonald’s uma vez por mês. .
Cada dia que o pitoco se comporta bem, o que inclui não chorar sem motivo, não fazer malcriação, tomar banho e comer sem dar trabalho, ele ganha uma carinha feliz 😁

O mau comportamento no final do dia, rende uma carinha triste 😞

Isso tudo explicado, fomos preenchendo durante o mês, as carinhas

Na segunda folha, colocamos o dia de ir no McDonald’s. Pra começar a trabalhar com o pitoco a questão da noção de tempo. Uma vez por mês foi o combinado inicial.

Resultados: uma carinha triste no mês num dia em que ele fez muito escândalo pra tomar banho, a ponto de jogar um copo de plástico no chão e quebrar.

No resto do mês ele se comportou muito bem e só ganhou carinhas felizes. Depois chegava no quarto e apontava pra carinha triste dizendo que sabia pq ela estava ali e que não ia mais fazer malcriação pra tomar banho.

E aí? Já precisou usar alguma técnica parecida com seu pitoco ou pitoca? Coloca aqui nos comentários que quero saber!

abçs,

Pai Mesmo

Comente com sua conta do Facebook